Espaço dedicado à divulgação das iniciativas de solidariedade com o povo martrizado do Darfur, banco de voluntariado da Campanha porDarfur e testemunhos.
Contactar Plataforma porDarfur



.links

.posts recentes

. Vigília por Darfur

. Vigília por Darfur

. Propostas de capa para o ...

. Comentários... (deixe ta...

. Dalai Lama alerta para cr...

. António Guterres comenta ...

. Dia Global de Acção porDa...

. Testemunhos

. Kit Campanha por Darfur -...

. Voluntários precisam-se!

.arquivos

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

Dia Global de Acção porDarfur - 16 de Setembro



O conflito que assombra o Sudão desde 2003 é feito de números arrasadores: cerca de 200,00 vidas tiradas, mais de 2,1 milhões de refugiados numa população de seis milhões. Da ONU, veio recentemente um número animador: o envio de 26 mil soldados numa força conjunta da ONU e da União Africana para Darfur. O objectivo é impulsionar o processo de paz e terminar o conflito na região. Uma tarefa difícil, para a qual é necessária a ajuda da comunidade internacional e de toda a sociedade civil.

Não se perca nos números. Faça a diferença. Junte-se à Plataforma pelo Darfur e espalhe a palavra: copie o código que aparece no final deste post e coloque-o no seu site/blog. O logótipo “Protejam o Darfur” fará de si um aliado desta causa.

Não desvie o olhar, proteja o Darfur.

Clique em "Seleccionar tudo" para seleccionar copiar o script
Seleccionar tudo

publicado por darfur às 14:58

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

Testemunhos

Samia Ramadan, 5 anos. Chora e pergunta todos os dias pelos irmãos que foram mortos pelos janjauid em Buram.

Zinat Abdu, 3 anos, diz que a casa onde vive agora é muito pobre comparada com aquela em que vivia em Bulbul e que no campo de refugiados de Kalma não tem ovelhas nem cabras para guardar e brincar… nem leite.

Abd el Wahab e a Raqui, 7 ou 8 anos, trabalham com e como os adultos à entrada do campo refugiados de Kalma a fazer tijolos: «Quero trabalhar aqui, fazer e vender muitos tijolos para fazer uma casa para mim e meus avós.» Os seus pais e resto da família foram mortos pelos janjauid.

Ramadan estava prestes a casar com Leila quando vieram os janjauid… Destruíram, queimaram e levaram-lhe a querida noiva que nunca mais chegou a ver. Depois de dois anos Leila ainda estará viva? Talvez escrava?

Abdu e Hachim bateram à porta da missão de Nyala era quase meia-noite. Afoitei-me e fui abrir. «Pedimos protecção por esta noite», dizem. Quase que falam ao mesmo tempo e têm pressa de entrar. «Os amigos dos jaunjauid sabem que estamos aqui na cidade». Abdu e Hachim fugiram de Greida onde se luta há 4 dias. Apareceu uma alma amiga que lhes deu guarida e protecção porque sabia o perigo que tanto eles como eu corríamos. Na manhã seguinte partiram para o sul. São sulistas e cristãos.

Jamal viu-me à entrada do seu campo de refugiados em Kalma e perguntou: «Porque não multiplicais os esforços sanitários aqui? Falta de tudo, mas ao menos se houvesse algumas latrinas haveria muito menos risco de infecções e cólera…» É perigoso parar à entrada de um destes campos, eu sei. Mas eu queria ouvir alguém, falar, partilhar esperanças, pobrezas e riquezas. Que as há. De uma e outra parte. Num e noutro sentido.
 

P. Feliz Martins,Missionário Comboniano no Darfur


publicado por darfur às 12:28

link do post | comentar | favorito
|

Kit Campanha por Darfur - dia 16 Setembro 2007

Reuna todo o material e junte-se a esta causa.


Logotipo de divulgação


Cartaz

Venda para os olhos 

Apito



publicado por darfur às 12:13

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Agosto de 2007

Voluntários precisam-se!

 

A Campanha porDarfur precisa de colaboradores para tarefas como:

 

- Apoio na divulgação das petições (e-mail e em folha impressa);

- Divulgação da campanha em vários pontos do País (localmente, junto das escolas, empregos, etc.);

- Divulgação da Exposição fotográfica porDarfur (acompanhamento das exposições já agendadas ou dinamização da sua instalação em locais tais como praças públicas, shoppings, centros culturais, etc.);

- Divulgação da Campanha em espaços da Blogoesfera, Hi5, MySpace, FaceBook,etc;

-Revisão ou tradução de conteúdos (inglês, castelhano, francês, alemão);

- Apoio administrativo (triagem e encaminhamento de questões via internet - e-mail ou trabalho presencial - contactos, preparação de iniciativas, etc.);

- Produção de textos (preparação e pesquisa de conteúdos para o site);

- Design ou concepção de materiais informativos (postais electrónicos, materiais impressos, animação gráfica, etc).

- Reportagem de eventos; legendagem de pequenos documentários e
    vídeos;

- Contributos diversos para iniciativas ligadas à música ou teatro; animação de rua, artes plásticas (pintura, escultura), etc.;

 


Seja "uma voz porDarfur"! Se julga que pode dar apoio voluntário em alguma destas tarefas ou tem algumas questões a colocar, envie-nos p.f. um e-mail com descrição das áreas em que se propôe colaborar e zona do País aonde trabalha ou reside para o endereço info@pordarfur.org.

 

Muito obrigado!

 


publicado por darfur às 06:49

link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 22 de Agosto de 2007

ONU denuncia os crimes de guerra e contra humanidade em Darfur

Militares e milicianos do governo sudanês podem ser julgados pelo Tribunal Penal Internacional por crimes de guerra e contra humanidade, cometidos durante ataques em Dezembro na região de Deribat, em Darfur, segundo um relatório da ONU publicado nesta terça-feira. Durante esses ataques, cerca de 50 mulheres de 25 a 40 anos foram sequestradas e detidas durante aproximadamente um mês como escravas sexuais por parte de membros do exército sudanês e paramilitares, segundo o informe do Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU, que completa uma primeira investigação publicada no mês de Abril.
Último Segundo, 21/08/07


Ler mais...

tags:

publicado por darfur às 02:56

link do post | comentar | favorito
|

FORÇAS SUDANESAS ATACAM CAMPO DE REFUGIADOS

Forças sudanesas cercaram e atacaram ontem de manhã o campo de refugiados de Kalma. Fontes militares disseram que a acção se destinava a desalojar rebeldes acusados de ataques a postos da polícia.
«Às seis da manhã o Governo do Sudão despachou 2000 soldados para cercar o campo, soldados, polícia e serviços secretos das fronteiras», Abu Sharrad, porta-voz do campo de Kalma disse à Reuters.
Sharrad afirmou que as forças governamentais abriram fogo contra o campo mas não sabia se houve mortos ou feridos.
Uma fonte do exército acusou os rebeldes que atacaram postos da polícia nos campos de Kalma e de al-Salam de se esconderem no campo de refugiados.
Kalma, junto à cidade de Nyala, no Sul do Darfur, alberga quase 100 mil deslocados pela guerra.
Entretanto, o Departamento dos Direitos Humanos da ONU acusou milícias aliadas ao Governo da prática de crimes de guerra.
As milícias praticaram violações em massa e raptaram 50 mulheres durante um ataque à cidade de Deribat, na região de Jabel Marra no centro do Darfur.
As 50 mulheres foram reduzidas a escravas sexuais durante um mês.
A cidade de Deribat é controlada pelos rebeldes da facção do Exército de Libertação do Sudão que não assinou os acordos de paz em Maio de 2006.
tags:

publicado por darfur às 02:23

link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Grupos armados unificam-se para voltar a Darfur

ASMARA, 20 AGO (ANSA) - Grupos armados de Darfur, no oeste do Sudão, anunciaram hoje seu retorno ao território para unificar as forças da região e proteger a tarefa de organizações humanitárias que auxiliam a população local. Para firmar o acordo de cooperação, os cinco grupos se reuniram na Eritréia sob a condução da Frente Unida para a Libertação e o Desenvolvimento (UFLD, na sigla em inglês). "Os chefes retornarão a Darfur para unificar seus exércitos em apenas um grupo", disse hoje em Asmara, capital da Eritreia, o porta-voz da UFLD, Abdel Aziz.
AnsaLatina, 20/08/07


Ler mais...

tags:

publicado por darfur às 22:59

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2007

Congo envia tropas a Darfur

Brazzaville, Congo (PANA) - O Congo vai enviar tropas para a força híbrida de manutenção da paz das Nações Unidas e da União Africana a ser desdobrada em Darfur, conturbada região do oeste do Sudão, anunciou o chefe de Estado, Denis Sassou Nguesso. "O Governo congolês decidiu reforçar a sua presença em Darfur. Além dos observadores que se encontram já no local, uma companhia das Forças Armadas Congolesas estará à disposição da força híbrida das Nações Unidas a ser enviada brevemente", afirmou terça-feira o Presidente congolês.
Panapress, 15/08/2007


Ler mais...

tags:

publicado por darfur às 02:23

link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

Cáritas: Nações Unidas são vitais para acabar com a crise no Darfur

A Confederação Internacional da Cáritas elogiou a constituição de uma força militar conjunta da ONU e da União Africana (UA) para o Darfur, região do oeste do Sudão que desde 2003 vive uma violenta guerra civil.
Agência Ecclesia - Cáritas 02/08/2007

 
Ler mais…

tags:

publicado por darfur às 07:55

link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007

União Africana diz que força híbrida no Darfur não precisa de soldados não africanos

O recurso a tropas não africanas é desnecessário para a força de manutenção da paz no Darfur, província do Sudão, porque os compromissos africanos são suficientes, declarou hoje o presidente da Comissão da União Africana, Alpha Oumar Konaré.
Público, 12.08.2007
Ler mais
tags:

publicado por darfur às 14:01

link do post | comentar | favorito
|

Assine a petição e divulge

Imprima e faça cirlcular a petição

Petição ao Embaixador da China

.Fale conosco


.Como pode ser dinamizada na sua escola a campanha porDarfur?


."Rádio online porDarfur" vários artistas africanos